A gravidez é um período marcado por descobertas, cuidados e emoções dividas entra a mamãe e o papai. Da confirmação ao acompanhamento do desenvolvimento do bebê e crescimento da barriga, até o momento do nascimento, a presença do pai é essencial.

Na sala de partos, as emoções são intensas e apoio do papai nesse momento é fundamental para ajudar e confortar a mamãe. Além de ser um direito garantido por lei (nº 11.108 /2005). No parto normal, além do conforto emocional, o pai ajuda incentivando a mãe fazer força durante o trabalho de parto. Durante a cesárea, o papel do companheiro também é necessário para deixar a mamãe tranquila e segura.

E ver a carinha do seu bebê no exato momento em que ele chega ao mundo é uma emoção a parte, compartilhada entre os pais e que irá fortalecer ainda mais os vínculos entre o casal e entre os pais e seu bebê.

Para tornar esse momento ainda mais incrível, após acompanhar o nascimento, o primeiro contato pele a pele com a mamãe e após a hora dourada da amamentação, o papai pode ser o primeiro a dar o banho no seu filhote. Sob o olhar da mamãe e com o auxílio da enfermeira, o pai realiza o primeiro banho do bebê, aprende a colocar a fralda e cuidar do coto-umbilical. Esses primeiros contatos são únicos e, com certeza, ficam marcados com carinho.