Hora Dourada: a primeira hora da mamãe com seu bebê

A hora dourada é a primeira hora de vida do bebê após o nascimento. Esse momento é essencial para manter a saúde da criança, e o contato pele a pele com a mamãe nessa hora não só fortalece o vínculo entre a mãe e o filho, como também previne complicações para a saúde do bebê.

Como acontece

Assim que chega ao mundo, se o recém nascido chora de forma vigorosa, apresenta um bom tônus corporal, boa coloração cutânea e o pediatra verifica que está tudo bem, ele dá o consentimento, e a criança é levada para próximo da mamãe. Esse contato é feito ainda na sala de parto, instantes depois do nascimento.

Este é o momento em que a pele da mãe toca a pele do bebê pela primeira vez. A emoção toma conta da nova mamãe que oferece o peito e transmite o seu calor para o neném.

Essa aproximação pode ser realizada tanto após o parto normal quanto após a cesariana. Desde que a criança tenha nascido bem e o pediatra na sala de parto autorize.

Benefícios

A Organização Mundial da Saúde recomenda que o contato pele a pele seja realizado o mais cedo possível. A aproximação da mãe com o seu bebê na hora dourada estimula o aleitamento materno, diminui as chances de depressão pós-parto e fortalece o vínculo de mãe e filho.

Este primeiro contato ajuda também a estabelecer a frequência cardíaca e a glicemia do bebê. O calor da mamãe ajuda a manter a temperatura do bebê, prevenindo contra a hipotermia. Outra vantagem é que, mesmo que o recém-nascido não consiga mamar nesse primeiro momento, a sucção, ou a tentativa de sucção, ajuda a liberar a prolactina – o hormônio responsável pela produção do leite materno.

Para a mamãe, ocorre também a liberação da ocitocina – hormônio que ajuda na contratação do útero, diminuição do estresse e estimula a saída do leite.
O nascimento é um momento emocionante para mamãe que experimente uma série de emoções e sentimentos. A hora dourada é realmente mágica e o contato pele a pele torna ainda mais encantador e inesquecível este momento para a mamãe e para todos nós médicos, equipe e acompanhantes que testemunhamos essa alegria.